Profissionais técnicos da Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente de Barueri (Sema) estão recebendo curso de aperfeiçoamento na área de Geotecnologias. Os encontros aconteceram nos dias 13, 14, 20 e 21 de julho no ITB do Jardim Belval.  

Ao todo, 25 profissionais foram beneficiados com a capacitação e terão esses conhecimentos para aplicabilidade em muitas ações e projetos.  
 
Segundo a engenheira florestal Aline Germano, esses conhecimentos, na prática, farão a diferença no trabalho dos profissionais da Sema, otimizando demandas durante o uso da ferramenta (Quantum GIS) e sua aplicabilidade no município de Barueri. "O objetivo desse curso é estimular os técnicos a aplicarem as ferramentas, de acordo com a demanda de cada departamento, a fim de se realizar um planejamento mais efetivo com o efeito de se ter uma Secretaria comunicativa, solucionando as interrogações de forma ampla e objetiva", comenta. 

 

Programação 

O curso foi ministrado pela engenheira florestal Aline e pelo geocientista e analista ambiental Edson Oliveira da Silva, ambos servidores da Sema. O conteúdo foi dividido em quatro módulos, num total de 32 horas.  

 

No dia 13, primeiro módulo, os técnicos conheceram os fundamentos gerais do Geoprocessamento, os principais produtos das aplicações executadas nas ferramentas, a compreensão de bancos e dados em utilizações futuras e na capacitação do software livre QGIS, ferramenta complementar ao SIG.  

 

Já no dia 14, no segundo módulo, os profissionais puderam manusear o software QGIS, desde comandos básicos, a inserção e classificação de dados vetoriais e de raster (imagem que varia de acordo com os pixels), apresentando-os por classes, na inclusão e retirada de camadas vetoriais, além do manejo dos bancos de dados. 

 

Já no dia 20, no terceiro módulo, os alunos tiveram a oportunidade de gerar bancos de dados dedicados ao uso e a cobertura de solo, para geração de área de preservação permanente, no cálculo de área e no corte de dados vetoriais e raster. 

 

Para finalizar, no dia 21, quarto e último módulo, os colaboradores da Sema aprenderam a gerar produtos como mapas temáticos, de acordo com as normas, utilizando dados tanto qualitativos quanto quantitativos, fazendo aplicação prática dos conhecimentos adquiridos, conforme a necessidade de cada departamento. 

 

Geotecnologia 

A Geotecnologia é uma área de atuação que engloba diferentes frentes de estudos, tais como Sistemas de Informações Geográficas (SIG), de cartografia digital, de sensoriamento remoto, de sistema de posicionamento global e de topografia georreferenciada que, em conjunto com as demais, torna-se uma ferramenta poderosa como suporte na tomada de decisão. São ferramentas que permitem a visualização, mudança e análise de dados georreferenciados, por meio de software livre, de multiplataforma, como no caso aqui tratado do QGIS (Quantum GIS - Geographic Information System).  

 

Além de otimizar a estrutura da Secretaria e de seus colaboradores, irá integrar os bancos de dados disponíveis, fazendo o fornecimento das informações em mapas temáticos para, no futuro, auxiliar em diversos estudos ambientais. 


Informações: Erick Dimitri

Foto: Ricardo Santos